Informações sobre hipertensão, causas, sintomas, prevenção e tratamento da hipertensão arterial, identificando os tipos de problemas provocados pela pressão alta, e as formas de controlar a pressão arterial, de modo a melhorar a qualidade de vida.


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Lesão cardíaca hipertensiva

Galope atrial é uma pista comum e vital para a presença de doença cardíaca hipertensiva. Dano cardíaco hipertensivo também é identificado pela hipertrofia ventricular esquerda. 
O ECG é a forma de diagnosticar e excluir hipertrofia ventricular esquerda. No entanto, em comparação com a ecocardiografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, o ECG tem apenas 10% a 50% de sensibilidade e 80% de especificidade. No entanto a despesa destes métodos mais precisos de triagem para hipertrofia ventricular esquerda limita o seu uso. Um ecocardiograma limitado que calcula com precisão o tamanho LV e fornece informações sobre a geometria ventricular é uma escolha razoável Evidência de ECG para hipertrofia ventricular esquerda está associada com um aumento de aproximadamente 3 vezes nos eventos cardiovasculares. Em vários estudos, a hipertrofia ventricular esquerda foi o mais poderoso de qualquer um dos tradicionais fatores de risco cardiovascular, para prever a ocorrência de insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral, infarto do miocárdio e morte em pacientes com hipertensão. Em pacientes com hipertensão de estágio 1, a deteção de hipertrofia ventricular esquerda levaria a reclassificação do paciente para o estágio 2 e indicaria a necessidade de tratamento medicamentoso anti-hipertensivo mais cedo, do que se o paciente estivesse livre de lesões de órgãos-alvo.
Hipertrofia ventricular esquerda está associada à hiperplasia íntima das artérias coronárias epicárdicas, o aumento da resistência vascular coronariana, o aumento da intensidade e da frequência de arritmias ventriculares e redução do relaxamento diastólico. Disfunção diastólica grave pode resultar em crise de edema pulmonar. A relação entre a massa do VE determinada pela ecocardiografia e o risco cardiovascular é contínua.
A classificação em hipertrofia concêntrica ou excêntrica e remodelação concêntrica usando a proporção da parede ao raio (valores superiores a 0,45, definem padrão concêntrico) mostrou também ter valor para prever o risco.

Índice dos artigos relativos a Hipertensão

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL